sábado, 16 de março de 2013

355 - Miragem



Uma miragem no deserto encantou meu coração
Nunca estive tão certo, tão aberto, um louco são
Mas miragem é miragem! É sonho de se iludir
Estou perdido sem coragem! Não há mais como sorrir

E bastaria eu não ter me encantado
Quem diria eu estar apaixonado
A tua magia iluminou meu céu nublado de esplendor

E bastaria eu não te deitar na cama
Eu deveria ter contido a minha chama
A fantasia envolveu aquela noite no calor

Você foi minha miragem de amor

Miragem! Uma noite enluarada
Miragem! Um domingo madrugada
De miragens! Eu e você fumando...
Transando, nos amando; uma viagem!

Você foi minha miragem de amor

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui e comente!

Pesquisar neste blog