sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

286 - Marionetes


Vocês são marionetes!
Teus sermões me são, assim, tão banais
Enfim eu descobri que todos vocês são mesmo reais
Todos vocês temem a morte ou até não vencer na vida
E usam de uma fé para estancar essa ferida

Vocês se isolaram e vivem por si só
O mundo desprezaram, pois são dignos de dó
Se dizem seguidores, mas só querem o que convém
Depois de se sujarem, dizem:
Honra, glória, e amém!

Eu duvido... Que encontrarei vocês no paraíso
Quem irá clamar... Por vocês no dia do juízo
Eu duvido... Que dentro desse povo há coração

Eles aguardam:
Pela tão desmerecida salvação



*Letra musical cifrada - Adrian Mcoy

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui e comente!

Pesquisar neste blog