sábado, 3 de dezembro de 2011

261 - Resposta aos Ateus


Jesus Cristo é a personificação “filho” da “Santíssima Trindade”; de maneira que Ele é tmb o PAI e o Espirito ao mesmo tempo. Difícil compreender, não? Não se incomode! Não entendemos ao certo nem como o nosso próprio corpo funciona, como vamos assim querer entender a um Complexo Metafisico Superior, o qual por assim sendo nenhum humano o compreenderia e por isso simplificou-se num símbolo chamado DEUS? Não obstante, foi mais adiante em sua complexa estratégia, dividindo-se em três: PAI, FILHO, E ESPIRITO; para que assim possamos compreender melhor sua inexplicável essência.

No entanto, muitos homens ao se depararem com este simbolismo, frustram-se devido a sua simplicidade estrutural, e por isso, por pensarem ter uma mente intelectual, resolvem ir contra esta “ideia”, pois julgam-se superiores a tais pensamentos. O que estes deveriam saber é que o “evangelho”, assim como toda a Palavra de Deus, não é um documento que Deus inspirou apenas para os “superdotados” entenderem! Deus resolveu fazer algo para “TODA”a humanidade compreender e assim poder viver dentro de seus parâmetros, os quais assim são estabelecidos a fim de guiar o homem em uma sociedade, findando assim uma pseudo-explicação daquilo que o ser humano jamais poderá compreender, pois não tem intelecto para tal coisa; afinal, o plano superior não é este! Este plano é apenas uma preparação para o que há de vir.

A humanidade se encontrava num tremendo caos espiritual (e novamente se encontra) por volta do ano 0 “zero”. Desta maneira, este Complexo Metafisico Superior fez-se como um simples humano ao nascer de um ventre também humano em sua forma “Filho”, vivendo assim uma vida sem laços com as Energias Negativas (o pecado); para que assim, aos 33 anos, fosse crucificado e morto, estabelecendo assim um sacrifício perfeito pela humanidade, para a absolvição de seus pecados (Energias Negativas) se tão somente estes se arrependam.

É esta uma atitude complexa? Logicamente! Pois o amigo bem deve saber que, assim como eu, não passa de um simples ser humano e por isso jamais entenderá ao certo as questões divinas. Não compreendemos nem algumas teorias meramente humanas, quanto mais podemos imaginar querer entender os complexos divinos.

De certo que milhões são os cristãos ignorantes, os quais seguem a algo sem sequer saberem ao certo o que estão seguindo; todavia, mesmo não compreendendo, eles estão seguindo o que é certo! Estão seguindo os preceitos do Complexo Metafisico Superior que originou a vida, e que, adicionando a isto, salvou a mesma há dois milênios, livrando assim a escravidão imposta pelas Energias Negativas aos seres humanos.

Finalmente, alguns, por não compreenderem a Este que é incompreensível, pervertem-se em suas descrenças, pois foram corroídos pelo próprio orgulho, e assim, inconscientemente não admitem que nunca entenderão a tudo. Estes não conseguem, e talvez nunca conseguirão se colocar em seus devidos lugares... Simples seres humanos! Seres meramente mortais, ignorantes, e fracos. Esta é a realidade que os descrentes tanto temem! Não assumem-se em suas inferioridades, e por isso se acham deuses de si mesmos apenas para provarem a si próprios que são alguma coisa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui e comente!

Pesquisar neste blog