sábado, 12 de novembro de 2011

241 - O mel que você tem

Um sorriso curto de criança feliz
Um abraço de princesa que o meu corpo sempre quis
Um linguajar tão fino junto a um corpo divino
Sinto-me menino frente a ti

Um motel na estrada no meio do nada
A mansa ventania de uma longa madrugada
Eu contava as horas, eu clamava ao céu
Pra provar do mel que você tem

O mel que você tem; o olhar que me fascina
Como tu não há ninguém; saiba tu es minha menina
O mel que você tem; teu jeitinho de falar
Não, eu não me aguento, eu preciso provar

O mel que você tem






*Letra musical cifrada - Adrian Mcoy

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui e comente!

Pesquisar neste blog