domingo, 23 de outubro de 2011

225 - Da onde não se volta



Eu te procurei num mundo tão vazio
da onde não se volta; lá onde ninguém viu
Ninguém me entendeu; disseram: Enlouqueci!
Mas eis que a razão foi apenas que eu te vi

Estou delirando, amando teus segredos
Estou me apaixonando por tuas sombras e teus medos
Em você eu vejo a dor, ao mesmo tempo vejo amor
venha me abraçar, vou transpirar em teu calor

Eu quero o teu calor! Eu quero lhe abraçar
Eu quero lhe beijar! Eu te quero assim
Eu te quero para mim



(Letra musical cifrada - Adrian Mcoy)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui e comente!

Pesquisar neste blog