quarta-feira, 21 de setembro de 2011

209 - Amor a primeira vista (A bruxa de Nevada)


          Subiram num dos pequenos corredores sobre o mar até chegarem ao fim do mesmo para se sentarem no fim daquele caís. Achegaram-se as extremidades, frente as águas, observando o tímido movimentar. De maneira impressionante, Mayara ainda estava falando! Havia entrado no assunto “Gabriella”, dizendo o quanto a amiga era uma pessoa maravilhosa. No entanto, enquanto ele a ouvia... Aconteceu! Ali ele viveu... O momento que seria um marco em sua vida! O segundo! O Instante! Seu olhar foi mais adiante no caís ali ao lado...
            E foi ali que ele a viu pela primeira vez!
            De vestidinho roxo, toda simples, cabelos presos, um colar com aquilo que parecia um cristal azulado, cantando alguma canção com os pés nas águas, transmitindo sua pureza e inocência... Era ela! A mais doce garota que ele conheceria em toda a sua vida!



            Jamais ele entenderia exatamente o que acontecera naquele momento! Parecia que ela sempre esteve ali, esperando por ele! Foi como se o tempo congelasse, isolando-os numa dimensão paralela... Silenciosa...
            - Olhe, Thomas! Tem lindas macieiras lá na outra costa, no Bayfront...
            A oriental ainda falava alguma coisa, mas ele já não ouvia mais a nada! Estava paralisado! Perdidamente encantado! Um sentimento impactante nocauteou a sua razão, tomando por inteiro seu coração! A amiga logo parou de falar quando percebeu o encanto que por ali se iniciou. Tratou de ficar calada, rindo um pouco pelo acontecido.
            E aquele lindo som começava a ser ouvido...
            - Mi corazón, puede sentir tu presencia! Tú estás aqui! Puedo sentir, tu majestad! Tú estás aquí!
            Aquela doce voz cortava o horizonte numa canção tranquila e afável... Ela estava cantando, sentindo a música de tal maneira que parecia até estar num transe! De olhos fechados, frente aquelas águas, ainda balançando as mesmas com seus delicados pezinhos ao passo do ritmo da melodia. E assim, finalmente, ela olhou para ele!
            Cruzaram olhares... O marco da mais perfeita memória! Cruzaram seus espíritos num olhar consumista! Era o nascer de uma nova e bela história... Amor à primeira vista! Mesmo percebendo ser observada, ela não parou de cantar! Uma voz suave, linda... Gostosa de se ouvir! Pareciam conversar enquanto se olhavam! Um forte desejo os tomava de maneira incompreensível! Já não queriam entender a razão daquilo tudo, apenas aproveitar o brilho daquele tão inesquecível momento...

(Fragmento do cap.1 do livro "A bruxa de Nevada" - Adrian Mcoy)
www.clubedeautores.com.br/book/48706--A_Bruxa_de_Nevada

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui e comente!

Pesquisar neste blog