terça-feira, 20 de setembro de 2011

208 - Os sonhos que um dia eu sonhei

O despertar da escuridão invadiu meu vazio
Corri do escuro mas o brilho da minha vida sumiu
Não entendi aonde foi, aonde que eu errei
Talvez foram os muitos anos em que eu te esperei

Agora não sei mais por onde caminhar!
Agora não sei se a luz irá brilhar!
Agora não sei se é este mesmo o fim!
Parece que este mundo já se acabou pra mim

Eu vejo sonhos... Compondo minhas canções
Eu vejo sonhos... Invadindo corações
Eu vejo a vida se alterando e se moldando, enfim
Eu vejo agora os inimigos tão mais perto de mim

Eu vejo sonhos... Compondo minhas canções
Eu vejo sonhos... Invadindo corações
O inimigo é o amigo com que um dia eu cantei
Meus pesadelos são os sonhos que um dia eu sonhei

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui e comente!

Pesquisar neste blog