quinta-feira, 11 de agosto de 2011

200 - Dores eternas de um adeus (Rebecca)


Mais uma vez meu coração está doendo ante a ti
Meu amigo, meu irmão, saiba eu vou sentir
Saudades de você! Saudades de nós dois
Talvez não doa agora, mas irá doer depois!

Tempos de amor, de sorrisos, de paixão
Não importa onde for, os levarei no coração
Vou compor o meu sorriso, vou fingir minha alegria
Pois hoje se encerrou minha doce fantasia!

É o fim de um tempo inesquecível,
De uma fase tão incrível de um viver
É a hora da verdade! O principio das saudades em meu ser!
Mas vou crer que as estrelas brilharão
No futuro destes bons amigos meus
Está na hora de sentir no coração a dor eterna de um adeus!

Dores eternas de um adeus! Adeus querido professor
Eu sei você irá notar! E vai chorar a nossa dor!
Dores eternas de um adeus!
Vem doendo grandemente aqui em mim
Estamos a nos separar! Vai se acabar! Este é o fim!


*Canção do livro "Rebecca: O dom angelical" - Adrian Mcoy


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui e comente!

Pesquisar neste blog