quarta-feira, 22 de junho de 2011

191 - Ao cair da noite


Ao anoitecer de meu vazio
Adormecerei na escuridão
Afogada ao fluir do rio
Das profundezas do coração

Quando a canção dos anjos ecoar
Guiar-me-ei em teu perfume
Iluminada pela luz do luar
E do brilhar dos vaga-lumes

Se o horizonte berrasse minha dor
Meus sonhos viriam mais cedo
Á soltar-me das correntes do amor
À livrar-me deste medo

Ao cair da noite estarei doente
Sob os sintomas da solidão
Ao cair na noite e novamente
Agonizando esta paixão




*Por Melissa Klinkerfuss - Do meu livro "Coração de Estudante".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui e comente!

Pesquisar neste blog