domingo, 8 de maio de 2011

164 - Ela virá num vendaval (Flores Mortas no Jardim)


Eu sei que ela virá!
Ela virá num vendaval Eu sei... Sei que ela virá!
Miraculosa luz do horizonte que brilha em minha frente
Vem mostra-me novamente pra onde eu devo andar
Eu desejo apenas uma simples estrela cadente
Estou certo! Eu creio! Eu sei que ela virá!
Lágrimas no céu brilham de saudades!
Vi o mel da minha lua se esgotar
Senti um perfume no quarto!
Eu sinto as roupas dela!
Ela precisa retornar!
Seja por bem!
Seja por mal!

Ela virá num vendaval!




*Poema integrante do livro "Flores Mortas no Jardim" - Adrian Mcoy


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui e comente!

Pesquisar neste blog