quinta-feira, 5 de maio de 2011

132 - Um som sedutor (O Brilho de Rebecca)

As batidas eletrônicas iam batendo, e elas pareciam guiar as batidas de seu coração.Ela se entregava aquele som, porque somente aquele som era o que parecia existir. Parecia que mais ninguém estava ali, apesar de haver muitos e muitos...

E ela desejava que não houvesse mesmo ninguém, pois aquele som havia a seduzido... E ela queria penetrar naquele som... Queria que aquele som penetrasse nela... Queria fazer amor com aquele som, porque, naquele momento, aquele som era o seu mestre... Era o seu pai... Seu amigo... Aquele som... Era tudo em sua vida!

Sua embriaguez fizera uma gostosa amizade com ele! Ela parecia delirar ali em meio aquele gramado... Um delírio insano, nunca antes vivido! Ela requebrava o seu corpo, e já não estava nem mais ligando para a decência! Estava totalmente solta, delirando em sua tremenda sensualidade.


*Fragmento do Cap.10 do livro "Rebecca" - Adrian Mcoy



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui e comente!

Pesquisar neste blog