terça-feira, 12 de abril de 2011

097 - Um desgosto em teu dedo

Fora tão lindo o sorriso que você me deu naquela primeira vez!
De algum lugar eu já te conhecia indiretamente; fiquei, porém, decepcionado comigo mesmo por nunca antes ter de fato te conhecido.

Eu vi a simpatia nos teus olhos! Vi o charme da tua bluzinha listada! Admirei você inclinada sobre o balcão! O meu coração até bateu mais forte. No entanto, não tive sorte, pois em teus dedos vi a morte de minhas esperanças de amor! Mas minha dor não fora assim tào grande; eu nào tinha porquê chorar!

Porém, eu sei... Seria muito bom a gente se amar!
Tire, por favor, esta aliança! Sorria como criança e vem pra mim!
Quero voçe como tu és! Simpática assim!
Me abrace sem medo! Sem temer a nada!
Te espero de dia, de noite, até de madrugada!
De você eu seria o maior sonho, o melhor amigo!
Vem minha doçura! Vem ficar comigo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui e comente!

Pesquisar neste blog