sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

081 - Saudades de sofrer


Desculpem-me! Mas não queria lhes dizer...
Tenho saudades de sofrer!


Que adianta não machucar o coração e chorar assim de tristeza,
Se prossigo em solidão, mendigando minha pobreza!
Tinha certeza que o amor era uma dor feita ao ser desiludido,
Hoje vivo sem ele... Por isso estou perdido!

Arrependido por não mais chorar!
Arrependido por não mais sofrer!
Queria tanto me apaixonar!
Queria tanto me envolver!

Nem olhar para lua é mais assim tão belo!
Onde estaria a princesa de meu castelo em meio a essa escuridão?
Uma estrela respondeu-me tal questão:
Eis que ela se esconde no futuro!

Mas que burro! Como pude eu vir a me desesperar?
Mas é claro que um dia eu irei a encontrar!
Conversar, namorar, e beijar!
Sim! Novamente irei me apaixonar!

Se bem que eu me lembro a dor que é amar alguém...
Mas fazer o que? Eis que não vivo sem...

Sem beijar uma boca doce e sentir o calor me envolver...
Deitar-me assim na cama e assim enlouquecer!

Desculpem-me! Mas não queria lhes dizer...
Tenho saudades de sofrer!

3 comentários:

Clique aqui e comente!

Pesquisar neste blog