quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

079 - Olhos tristes


Hoje eu entendo porque o seu olhar era tão triste...
Nós nos conhecemos nas arquibancadas de uma festa! Você estava alguns metros ao lado, animada com suas amigas. Também estava eu com antigos amigos, sorrindo na minha antiga alegria.
Nós nos beijamos naquele dia... E a nossa história aconteceu. Foi breve, porém... Inesquecível!
E o tempo passou...

Já fazem nove anos!
Veja agora... Como as coisas mudaram!
Aquelas suas amigas se foram de sua vida... Aqueles meus amigos se foram da minha.
Veja como as dores transformaram o nosso ser! Veja como mudou o nosso viver!
Sem perceber... Nosso sorriso se perdeu. E o dia não amanheceu novamente...

No ano que se passou eu finalmente a vi depois de muito tempo! A mesma beleza estava em ti! Mas seus olhos...
Ahh, seus belos olhos de mel! Quantas foram as vezes que me levaste ao céu apenas os mostrando para mim?
Mas enfim... Alguma coisa já não era mais igual!
Seu olhar já não era mais o mesmo!
Aquela doce alegria havia desaparecido!
Olhos tristes... Foi o que eu vi!
Juro que não entendi naquele tempo!
Pensei ser coisa de momento e por isso... Não relevei!
Mas hoje... Meus olhos de mel... Hoje eu sei!

Sei que seus olhos parecem tristes, pois carregam as marcas da vida!
Hoje eu sei que em seus lindos olhos estão gravadas as marcas do tempo! As revoltas! As dores! As tristezas, decepções, e angustias!
Oh, menina de minha mocidade! O que fizeram com você?

Olhos tristes... Hoje eu os entendo...
Porque hoje... Meus olhos também são.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui e comente!

Pesquisar neste blog