quinta-feira, 7 de outubro de 2010

019: Pior do que tá... Não fica!

Um milhão, trezentos e cinquenta e três mil, seiscentos e quarenta votos!
É logicamente impossível que todo este número de paulistas seja, como dito, "aloprado" ou "néscio".
Certamente que se assim fosse, São Paulo não seria o Estado mais poderoso do Brasil, sendo em si mesmo maior que o país "Venezuela"!
A partir de tal análise podemos concluir que tal coisa não fora um ato "néscio", muito menos aloprado. Foi uma forma de "protesto"!

Foi uma maneira de envergonhar os engravatados que vivem pagando de "corretos" a fim de fazer da vitória do humorista um simbólico "tapa na cara" dos mesmos.
Um milhão, trezentos e cinquenta e três mil, seiscentos e quarenta tapas na cara!
Certamente que o povo que vinha já ha tempos revoltado, provou muito bem do sabor da vingança!
O palhaço venceu os graduados! O riso venceu a eloquência! A simplicidade venceu a etiqueta! O tabu engessado da normalidade foi infringido! O destaque chocou o povo! O povo se agradou disto!
O povo viu ai... Uma maneira de vingança! 
De certo que nem todos os eleitores tiririquenses usaram deste princípio, mas é certo que muitos se utilisaram deste outro.
Ora! Antes rindo do que roubado!


O lendário Visconde de Ouro Preto já havia dito quando a república foi implementada em 1889:

"
A República se levantou sobre os broquéis da soldadesca amotinada, vem de uma origem criminosa, realizou-se por meio de um atentado sem precedentes na História e terá uma existência efêmera."

E falou certíssimo!
A república é um sistema doentio e corrupto; totalmente desinstruturado, falho, e medíocre! Um grande estrume planejado pela maçonaria nos períodos monárquicos. Fruto de uma conspiração a coroa! Um atentado vergonhoso na história!
Isto sim meus caros revoltosos com o caso "Tiririca"...
Isto sim é palhaçada!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui e comente!

Pesquisar neste blog