sábado, 2 de outubro de 2010

017 - Como se não houvesse o amanhã

Você discuti, você briga, você xinga, você destrata!
Pelo menos algumas vezes você faz isso para alguém.
Isso é muito fácil quando a falsa perspectiva da vida está sobre nós; a perspectiva que nos faz pensar que sempre haverá um novo amanhã e que nada, nunca, vai se acabar.
Um tolo engano!

Talvez para nós não haja mais o amanhã! Talvez para alguma pessoa não haja mais o amanhã.
Podemos é claro, brigar e discutir, isso faz parte da vida; não deveria, mas faz! Porém, nunca deveríamos permanecer em contradição! Nunca!
Pois pode não haver um outro amanhã!
Talvez um outro amanhã não vá existir para você!
Talvez um outro amanha não vá existir mais para uma outra pessoa!
Hoje pode ser o seu último dia!
Hoje pode ser o último dia dela!

A vida é tão frágil! Nós somos tão frágeis!
Podemos cair, bater a cabeça, e apenas isso! Já podemos morrer!
Não seja arrogante! Todos viemos do pó e ao pó voltaremos!
Exerça o amor! Ame as pessoas! Elas estão aqui de passagem! Como você!
Elas são apenas um sopro, que foi e logo não será mais... Como você!
São apenas sorrisos e lágrimas que brigam e se divertem e logo se calarão para todo o sempre... Como você!

Não se aborreça com as pessoas! Lembre-se que na maioria das vezes elas não estarão sendo más, mas apenas "ignorantes". Desconhecem a sabedoria, a qual ainda não conseguiram obter! Elas apenas precisam evoluir!
Exerça a misericordia! Isto é ser maduro! Isso é ser inteligente!
Não esconda o teu amor quanto a uma pessoa! Talvez ela se vá ao amanhecer!
Não deixe de falar o bem para alguém! Talvez ela se vá ao amanhecer!
Viva a sua vida sempre sabendo que talvez hoje seja o seu último dia... Pois talvez seja!
Viva a sua vida... Devagar! Sem ter pressa de amar!
Ame! Para que a sua vida não seja uma vida vã!
Viva... Como se não houvesse o amanhã.






Um comentário:

Clique aqui e comente!

Pesquisar neste blog